22 de outubro de 2018

Iron Fight

7 passos fáceis e práticos para elaborar dieta para musculação

Seguir uma dieta para musculação é uma estratégia não só para aumentar os resultados obtidos por meio da prática desse tipo de atividade física, como também uma forma de melhorar a saúde como um todo. Especialmente porque esse tipo de alimentação precisa ser rica e extremamente balanceada.

O problema é que muitas pessoas ainda sentem dúvidas quando se trata da elaboração de uma dieta como essa e perdem a oportunidade de aproveitar os benefícios que ela pode promover.

Para que isso não aconteça com você, ao longo deste post serão apresentadas dicas importantes, fáceis e práticas para elaborar a sua própria dieta para a prática da musculação. Ao terminar a leitura, você saberá o que precisa fazer para obter os melhores resultados com os treinos. Confira:

dieta para musculação

Invista no consumo de arginina na dieta para musculação

O primeiro passo para elaborar uma dieta para musculação é investir no consumo de L-arginina. Por quê? Esse tipo de aminoácido contribui de maneira significativa para a melhora da recuperação muscular, além de estimular a formação de fibras nessa área do corpo.

Isso significa que, na medida em que ela é incorporada na sua alimentação, você poderá obter o aumento da sua massa muscular. Mas isso não é tudo, ela ainda ajuda na melhora do fluxo sanguíneo, que faz com que os nutrientes e minerais que você consome cheguem de maneira mais rápida aos seus músculos.

É por esses e outros motivos que ela não pode deixar de estar presente na alimentação de quem pratica musculação. É importante destacar que esse tipo de aminoácido pode ser encontrado em alimentos como ovos, soja e carne vermelha.

Aumente o consumo de peixes

Outro passo para elaborar uma dieta para aumentar os resultados da musculação é inserir mais peixes na sua alimentação. Veja bem, essa fonte de proteína é essencial para que você consiga aumentar e manter a massa muscular obtida por meio dos treinos.

Isso se deve ao fato de que peixes como o salmão, atum e a sardinha possuem uma grande concentração de ômega-3, proteínas e ácidos graxos que contribuem para a melhora do sistema imunológico e para a recuperação dos músculos.

De maneira geral, para aproveitar os benefícios proporcionados por esse tipo de alimento é preciso consumir 200g de peixes dessa espécie pelo menos duas vezes por semana.

Acrescente mais saladas na dieta para musculação

Sim, acrescentar mais saladas na dieta para musculação também é uma forma de garantir melhores resultados com a prática dessa atividade física. Apesar do foco de toda alimentação desse tipo ser no consumo de proteínas e carboidratos, é preciso incluir os vegetais em cada refeição.

Por quê? É simples, 5 porções de vegetais na sua dieta irão fazer com que você aumente a quantidade de nutrientes no seu organismo. Isso faz com que o seu metabolismo e até mesmo a formação de massa muscular funcione de uma maneira melhor.

Além disso, as verduras, vegetais e legumes são essenciais para acelerar as reações químicas do organismo, tais como a queima de gorduras e a síntese proteica. Assim, o ideal é que você insira alimentos como os listados abaixo para enriquecer a sua dieta:

  • Cenoura
  • Tomate
  • Aspargos
  • Abacate
  • Mamão
  • Abacaxi

Opte por proteínas com elevado valor biológico

Conforme citado acima, as proteínas têm um importante papel na dieta de quem faz musculação. Por isso, é necessário ficar atento a qualidade desse nutriente que você consome por dia, sendo que o ideal é optar por aqueles com alto valor biológico.

Quais seriam? Aquelas fontes de proteínas que têm grande concentração de aminoácidos e que são facilmente absorvidas no organismo. Alguns exemplos delas são a carne vermelha magra, peixes, leite e queijos brancos.

Esses alimentos possuem a quantidade ideal de proteínas e de aminoácidos que o seu corpo precisa para melhorar a construção da massa muscular.

dieta para musculação

Aumente o consumo de água

Consumir pelo menos 35ml de água para cada quilo do seu peso atual é essencial para qualquer dieta para aumento da massa muscular.

Sobretudo porque esse líquido será o responsável por eliminar as toxinas do organismo e melhorar a recuperação muscular após os treinos.

Mas isso não é tudo, ao consumir a quantidade ideal de água todos os dias, você ainda evita a sobrecarga de proteínas nos rins. Isso geralmente ocorre em dietas para musculação devido a alta concentração do nutriente nas refeições.

Aumente o consumo de carboidratos

Isso mesmo, uma dieta para musculação também precisa ser composta por alimentos ricos em carboidratos. Ainda mais porque eles são os principais responsáveis por fornecer a energia que você precisa ao longo dos treinos.

Além disso, o carboidrato ainda ajuda na entrada de nutrientes nas células musculares. Eles fazem com que o processo de ganho de massa muscular seja mais rápido.

Também evitam que o seu organismo queime proteínas musculares para obter energia, causando assim o terrível processo de catabolismo.

Evite os alimentos processados na dieta para musculação

Por fim, para que você consiga elaborar uma dieta para musculação é necessário evitar o consumo de alimentos processados. Afinal, além de serem compostos, em sua maioria, de calorias “vazias” eles ainda dificultam o aumento da massa muscular.

Veja bem, por serem produzidos por meio do uso de elevadas concentrações de açúcares, sódio e demais substâncias químicas, eles prejudicam o processo de regeneração muscular e de definição dos músculos.

Assim, o ideal é investir no consumo de alimentos mais naturais e livres de qualquer tipo de substância química que venha a deixar o seu corpo mais inchado e provocar o aumento da gordura corporal.

Agora que você conhece os 7 passos fáceis e práticos para elaborar uma dieta para musculação, o que acha de começar a colocá-los em prática? Uma dica é fazer mudanças de maneira progressiva, para que assim você possa se acostumar a mudança na dieta.

Você poderá obter grandes resultados ao alinhar melhor a sua dieta, atingindo assim os seus objetivos de uma maneira mais rápida, prática e saudável.

Não deixe de ler

Compartilhar esta matéria

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp