24 de outubro de 2018

Iron Fight

O que é albumina e como devo usá-la?

Você provavelmente já ouviu falar em Albumina, não é? Mas você sabe o que ela é e como utilizá-la para potencializar os seus treinos? Essa substância pode fazer toda a diferença nos seus resultados, ainda mais quando é ingerida da maneira correta.

Mas atenção! Para que ela possa promover os resultados que você espera é importante que ela seja associada a uma alimentação saudável e a prática regular de atividades físicas. Caso contrário, os seus resultados não serão afetados por ela.

Ao longo deste post você poderá conhecer mais sobre essa proteína e ainda descobrir a melhor maneira de consumi-la. Confira e potencialize os seus treinos de uma maneira rápida e prática:

O que é Albumina?

De modo geral, a albumina é um tipo de proteína que é produzida naturalmente pelo fígado e compõe cerca de 70% do plasma sanguíneo. Sua principal função é transportar ácidos graxos para o interior das células, assim como fazer a ligação entre moléculas hidrofóbicas.

Além disso, também exerce a importante missão de assegurar que o equilíbrio entre a água do sangue e dos tecidos permaneça adequado. Vale a pena destacar, que quando esse nível está desregulado, a água dos vasos sanguíneos atinge as demais células, sendo capaz de provocar um edema.

Principais tipos de albumina

É possível encontrar altos níveis de albumina em outros tipos de alimentos. Por essa razão, é possível suplementar essa propriedade através de uma dieta balanceada e assim, suprir qualquer deficiência nutricional.

Basicamente, os principais tipos dessa proteína são:

  • Lactoalbumina: é um tipo de nutriente encontrado no leite e nos seus derivados
  • Ovoalbumina: a clara do ovo é o alimento que possui um elevado nível de albumina
  • Seroalbumina: é a proteína do soro sanguíneo, popularmente conhecida por “albumina humana, ela é naturalmente produzida pelo corpo

Para que serve

De maneira geral, essa proteína tem uma poderosa ação no organismo, sendo que a sua principal função é a de transportar todos os nutrientes ingeridos pelo sistema circulatório.

Além disso, ela ainda ajuda na construção muscular logo depois de um treino especialmente intenso. Ela ainda serve para:

  • Melhorar o funcionamento do metabolismo
  • Aumenta a energia durante os treinos
  • Contribui para a redução da gordura corporal
  • Reduz a sensação de fome

Esses efeitos se tornam ainda mais intensos quando associados à prática regular de atividades físicas. Caso contrário, ele não irá promover os efeitos que você espera.

Como usar a albumina e potencializar seu treino

De modo geral, é recomendado consumir a albumina ou outra fonte proteica em períodos de tempo intervalado, que podem variar entre 3 em 3 horas, por exemplo. O ideal é que você mantenha o seu organismo em estado anabólico, para conseguir obter resultados satisfatórios.

Mas atenção! É sempre importante não exagerar no consumo e nas dosagens, pois isso pode afetar fazer com que você não alcance os seus objetivos e ainda prejudique a sua saúde.

Para te ajudar a usar a albumina de maneira adequada, confira abaixo as principais recomendações de consumo dessa proteína:

Pré e Pós Treino

Outra grande dica para conseguir melhorar os efeitos desse suplemento é ingerir uma quantidade correta antes e depois dos treinos. Assim, o ideal é que você siga essas indicações de uso:

Pré-treino

De acordo com especialistas, o ideal é que esse suplemento seja consumido pelo menos uma hora antes dos treinos. Isso fará com que os seus músculos ganhem mais resistência e fiquem mais protegidos durante a realização dos exercícios.

albumina

Pós-treino

O ideal é que aquelas pessoas que utilizam Whey Protein não consumam a albumina após os treinos. Uma sugestão para quem não utiliza esse tipo de suplemento é consumir essa proteína com algum tipo de dextrose.

Período do dia

Para conseguir potencializar os resultados da albumina você pode consumi-lo durante períodos do dia específicos. É importante destacar que a absorção desta proteína no organismo pode ser otimizada nesses momentos:

Ao acordar: Isso mesmo! É recomendado o consumo da albumina logo após acordar. O principal motivo é que você irá conseguir nutrir o seu organismo com essa proteína de uma forma mais eficiente.

Antes de dormir: Veja bem, quando você consome alguma fonte de albumina antes de dormir, consegue auxiliar o seu organismo na produção hormonal. Assim como, fazer com que ele permaneça em estado anabólico.

Seguir corretamente essas recomendações, irá ajudar você a potencializar os resultados que essa proteína é capaz de promover.

Dosagem ideal da albumina

Além de suplementar essa proteína nos horários adequados, é crucial que você a consuma nas quantidades recomendadas. Essa dosagem pode variar de acordo com os objetivos que você deseja alcançar, assim como com o seu tipo atual de atividade física.

Geralmente, os nutricionistas recomendam a seguinte dosagem desse tipo de proteína, a saber:

  • Sedentários: o ideal é ingerir 0,8 gramas para cada kg corporal.
  • Praticantes habituais de exercícios de força: o recomendado é tomar 1,8 gramas de albumina para cada 1kg
  • Praticantes de exercício de força com 80 kg: a ingestão diária dessa proteína é de 144 gramas

Contudo é sempre importante ingerir as quantidades indicadas pelo profissional. Assim como, evitar o consumo exagerado da albumina, pois assim como foi mencionado anteriormente essa prática pode prejudicar o alcance dos resultados e até mesmo a saúde.

albumina

Ao longo deste post você aprendeu o que é a Albumina, aprendeu como utilizá-la e ainda aprendeu os principais efeitos que ela promove. Agora, o que acha de utilizá-la para potencializar os seus treinos e acelerar o alcance dos seus objetivos?

Ela é uma poderosa aliada para quem deseja não só emagrecer, como também aumentar a massa muscular. Mas para isso, é de suma importância que o seu consumo seja associado a prática de exercícios físicos e a uma alimentação balanceada.

Além disso, é preciso ficar atento quanto a combinação desse suplemento com os demais. Lembre-se que o seu uso não é recomendado junto com Whey Protein, por exemplo.

Não deixe de ler

Compartilhar esta matéria

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp